Como encontrar um sócio para a minha startup?

Você sabia que um dos principais motivos de fracasso de startups é a questão societária? Segundo o estudo da Fundação Dom Cabral, “Causa da mortalidade das startups brasileiras”, os dois maiores critérios responsáveis pelo fechamento de startups envolvem o tema sociedade. Outro estudo feito pela Startup Farm aponta o mesmo, o Panorama das Startups no Brasil diz que a falta de comprometimento integral dos fundadores e o não alinhamento de expectativa entre os sócios é fatal para um negócio.

Logo, você já pode perceber que o tema é delicado e muito decisivo para o futuro da empresa. Por isso, caso você esteja neste momento em busca de um sócio, convidamos você a parar e ler esse conteúdo. Ele foi preparado para ajudar os seus anseios e para tornar a sua busca mais estratégica e certeira. Vamos lá?

 

Por que você precisa de um sócio?

 

Esta é a primeira pergunta que você deve se fazer antes de ir de fato atrás de alguém para entrar no negócio com você. E, obviamente, existem muitas respostas possíveis para isto, como:

  • Um sócio investidor que entre com capital;
  • Um sócio para se tornar o CTO e ser responsável pela tecnologia do produto;
  • Um sócio para assumir um papel mais estratégico no negócio.

 

E por aí vai. Porém, o principal ponto aqui é ter essa pergunta respondida e você ter muito claro o motivo pelo qual é necessário trazer alguém e o que você busca nessa pessoa. Isto porque, sem este ponto claro, você pode acabar trazendo alguém que não irá agregar ao negócio e isto acabar se tornando uma grande dor de cabeça.

 

Encontrando a pessoa certa

 

Caso você não consiga encontrar essa pessoa no seu círculo de conhecidas, existem alguns locais/atividades que podem ajudar você. Veja algumas dessas opções:

 

Eventos com foco em networking

Eventos podem ser ótimas oportunidades para conhecer pessoas, ampliar sua rede de networking e conhecer seu futuro sócio. É claro, este é um primeiro passo, mas ele pode abrir portas importantes! Uma dica é pesquisar em plataformas como Sympla e Eventbrite por eventos que sejam relacionados a área de atuação da sua startup ou sobre a área de atuação relacionada ao seu futuro sócio.

 

Meetups

É importante também você conhecer a plataforma Meetup, na qual há grupos temáticos sobre determinados assuntos e, eventualmente, estes se encontram em reuniões ou mesmo eventos para fortalecerem suas comunidades. Para quem busca um sócio mais técnico, por exemplo, esta pode ser uma boa saída.12

 

Startup Weekend/Hackathon

Para quem não sabe por onde começar uma boa saída é participar de um Startup Weekend ou Hackathon. Em ambos formatos de eventos a ideia é trabalhar com um grupo de pessoas por um fim de semana desenvolvendo uma ideia de negócio. Nesta experiência você conhece não só as habilidades técnicas, mas também o perfil de trabalho das pessoas envolvidas, o que pode ser muito útil para aprofundar um relacionamento com foco na sociedade.

 

Como escolher um sócio?

 

A complementaridade é o principal fator na hora de escolher um sócio para a sua startup. Isto é: alguém que complemente as suas habilidades, assim como alguém que conheça o mercado de atuação do negócio.

O segundo pilar dessa escolha é o comportamental. Buscar alguém com perfil executor, quando você é um planejador nato, irá ajudar a ter mais celeridade nos processos da startup. 

E, por fim, para que a escolha seja certeira é preciso contar um ponto fundamental: o alinhamento de expectativas. Não tenha medo das conversas difíceis, quanto antes você tiver elas, melhor para a relação entre os sócios e para a startup.

Veja, a seguir, alguns pontos que podem ajudá-lo a entender melhor o que analisar nesta hora:

 

Alinhamento de propósito

O propósito do futuro sócio está alinhado ao seu e ao do negócio? É fundamental ter isto claro e transparente entre os founders.

 

Papéis dos sócios

Alinhamento passa, necessariamente, por definição de papéis. Defina quais são as responsabilidades e atividades de cada sócio para uma melhor gestão do tempo e do foco.

 

Dedicação

Ao entrar em um negócio, principalmente early stage, é fundamental definir qual será o tipo de dedicação de um novo sócio. Por exemplo, o negócio será a prioridade número ou será uma atividade part-time? O alinhamento deste ponto é básico.

 

Essas são algumas dicas para você partir em busca de um sócio para a sua startup. O fundamental é ter em mente que essa pessoa precisa além de ser técnica ou especialista na sua área de atuação, alguém com quem você queira e confie para compartilhar a sua jornada empreendedora. 

Uma escolha errada pode custar a existência da empresa, por isso não tenha pressa e analise com cautela todos os pontos que levantamos acima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja nossos outros posts :)

Estamos só começando.

tudo-sobre-okr

Tudo o que você precisa saber sobre OKR

Definir metas, criar um planejamento e medir e acompanhar os resultados é o framework básico para um negócio saudável e bem sucedido. Porém, por mais

Sua Evolução começa aqui.

Se inscreva para acompanhar :)